quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Pelo 2º ano consecutivo, população de 13 cidades de MS encolhe, diz IBGE


Maior queda foi em Novo Horizonte do Sul, com 3,09%.
Em Taquarussu número de moradores está estagnado desde 2014. 

Anderson ViegasDo G1 MS
Pelo segundo ano consecutivo, a estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que em 13 cidades de Mato Grosso do Sul o número de habitantes está encolhendo.
Conforme o IBGE, o quadro de retração registrado na estimativa de 2015 se repetiu nos números de 2016, que foram divulgados nesta terça-feira (30), no Diário Oficial da União, para as cidades de:Bodoquena (de 7.898 habitantes para 7.859). Brasilândia (de 11.903 para 11.884), Camapuã (de 13.731 para 13.712), Fátima do Sul (de 19.220 para 19.200), Glória de Dourados (de 9.992 para 9.976), Guia Lopes da Laguna (de 10.136 para 10.063), Inocência (de 7.664 para 7.641), Jateí (de 4.038 para 4.031), Nioaque (de 14.233 para 14.162), Novo Horizonte do Sul (de 4.306 para 4.173), Pedro Gomes (de 7.794 para 7.738), Rio Negro (de 4.910 para 4.871) e Sete Quedas (de 10.832 para 10.811).
Percentualmente a maior redução no número de moradores entre essas 13 cidades do estado entre ano passado e este, conforme o instituto, ocorreu em Novo Horizonte do Sul. Com 133 habitantes a menos entre um ano e outro, a retração foi de 3,09%.
Além deste grupo, outra revelação dos dados do IBGE é que há três anos o número de pessoas que mora em Taquarussu permanece o mesmo. Desde 2014, a estimativa é que o município tenha 3.570 habitantes.
Nos outros 65 municípios sul-mato-grossense o instituto aponta que a quantidade de moradores aumentou. Em números totais, o maior crescimento foi registrado em Campo Grande. A capital do estado ganhou 10.360 moradores entre 2015 e 2016, passando de 853.622 para 863.982 habitantes, um incremento de 1,20%.
Já percentualmente, os maiores índices de incremento foram registrados por cidades do interior, polos da agropecuária. Em primeiro, Sidrolândia, com 3,15%, de 51.355 para 52.975 moradores, depois vem Chapadão do Sul, com 2,93%, de 22.620 para 23.284 e em terceiro aparece Nova Alvorada do Sul, com 2,85%, passando de uma população de 19.656 pessoas para 20.217.
Veja abaixo população estimada pelo IBGE em cada município de Mato Grosso do Sul:

Água Clara - 14.734
Alcinópolis - 5.114
Amambai - 38.030
Anastácio - 24.852
Anaurilândia - 8.885
Angélica - 10.304
Antônio João - 8.744
Aparecida do Taboado - 24.745
Aquidauana - 47.323
Aral Moreira - 11.586
Bandeirantes - 6.783
Bataguassu - 22.084
Batayporã - 11.228
Bela Vista - 24.223
Bodoquena - 7.859
Bonito - 21.267
Brasilândia - 11.884
Caarapó - 28.867
Camapuã - 13.712
Campo Grande - 863.982
Caracol - 5.906
Cassilândia - 21.685
Chapadão do Sul - 23.284
Corguinho - 5.622
Coronel Sapucaia - 14.916
Corumbá - 109.294
Costa Rica - 19.835
Coxim - 33.231
Deodápolis - 12.712
Dois Irmãos do Buriti - 11.049
Douradina - 5.775
Dourados - 215.486
Eldorado - 12.176
Fátima do Sul - 19.200
Figueirão - 3.020
Glória de Dourados - 9.976
Guia Lopes da Laguna - 10.063
Iguatemi - 15.738
Inocência - 7.641
Itaporã - 23.220
Itaquiraí - 20.401
Ivinhema - 22.975
Japorã - 8.702
Jaraguari - 6.940
Jardim - 25.617
Jateí - 4.031
Juti - 6.476
Ladário - 22.228
Laguna Carapã - 7.097
Maracaju - 44.042
Miranda - 27.316
Mundo Novo - 17.994
Naviraí - 52.367
Nioaque - 14.162
Nova Alvorada do Sul - 20.217
Nova Andradina - 51.764
Novo Horizonte do Sul - 4.173
Paraíso das Águas - 5.251
Paranaíba - 41.626
Paranhos - 13.674
Pedro Gomes - 7.738
Ponta Porã - 88.164
Porto Murtinho - 16.686
Ribas do Rio Pardo - 23.526
Rio Brilhante - 35.465
Rio Negro - 4.871
Rio Verde de Mato Grosso - 19.515
Rochedo - 5.300
Santa Rita do Pardo - 7.682
São Gabriel do Oeste - 25.443
Selvíria - 6.469
Sete Quedas - 10.811
Sidrolândia - 52.975
Sonora - 17.941
Tacuru - 11.160
Taquarussu - 3.570
Terenos - 20.387
Três Lagoas - 115.561
Vicentina - 6.034
Postado por Carlos PAIM

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Caixa Alta

Principais Jornais de Mato Grosso do Sul

Divulgação da Parceria, Google, Fundação Portal do Pantanal - Fm América, Painel de Blogs do Paim.

http://www.ejornais.com.br/jornais_mato_grosso_sul.html


Site do Midiamax News
Divulgação da Parceria, Google, Fundação Portal do Pantanal - Fm América, Painel de Blogs do Paim

http://www.midiamax.com.br/

sábado, 14 de maio de 2016

Governador participa do “Dia D” da Caravana da Saúde em Campo Grande



Reinaldo Azambuja vai a 11ª edição da caravana neste sábado. (Foto: Alcides Neto)O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participa neste sábado do “Dia D” da Caravana daSaúde em Campo Grande. Ele vai às 9h ao Centro de Convenções Albano Franco, onde acontece a 11ª edição do projeto do governo do Estado.
Além das consultas e cirurgias ,outros 46 serviços serão oferecidos neste sábado. Ao todo, a previsão é de 12 mil cirurgias oftalmológica, realizadas em carretas. O projeto fica na Capital até 29 de maio. 
No local, as pessoas têm acesso a exames, como IMC (Índice de Massa Corpórea), glicemia, papanicolau, HIV, pressão arterial, mamografia, ultrassonografia; consultas nas especialidades de dermatologia, odontologia, ortopedia, neurologia, cardiologia, otorrinolaringologia
Além de serviços como emissão de primeira via do RG, título de eleitor, cartão do SUS, casamento na Justiça Itinerante e doação de sangue. O centro de convenções fica na avenida Mato Grosso, 5017, Carandá Bosque.
A edição atende os municípios da microrregião de Saúde liderada por Campo Grande: Terenos, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Maracaju, Ribas do Rio Pardo, Jaraguari, Rochedo, Corguinho, Bandeirantes, Camapuã, São Gabriel do Oeste, Rio Negro, Paraíso das Águas, Figueirão, Chapadão do Sul e Costa Rica. 
CampoGrandeNews
Postado por: Ygor I. Mendes

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Governo prevê 72,8 mil procedimentos em pacientes da Capital e mais 16 cidades

Ações do projeto começaram ontem com exames de colonoscopia no HR


Paciente após colonoscopia realizada ontem, no Hospital Regional. (Foto: Marcos Ermínio)Paciente após colonoscopia realizada ontem, no Hospital Regional. (Foto: Marcos Ermínio)
Após o início da primeira ação em parceria com a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva com 150 colonoscopias entre ontem (3) e hoje (4), o governo do Estado prevê realizar 72,8 mil procedimentos médicos na Caravana da Saúdeem Campo Grande e outras 16 cidades da região. As consultas do programa estão marcadas para começarem no dia 10 deste mês e a partir do dia 14 começam as cirurgias, que serão realizadas no complexo montado no Centro de Convenções Albano Franco.
Conforme o governo do Estado, além da Capital, os municípios de Jaraguari, Terenos, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Bandeirantes, Rochedo, Corguinho, Maracaju, Rio Negro, São Gabriel do Oeste, Camapuã, Paraíso das Águas, Figueirão, Costa Rica e Chapadão do Sul também serão contemplados com a passagem da Caravana.
Por conta da grande demanda da região, a Caravana da Capital não terá apenas um Dia D. Os três últimos finais de semana do mês de maio serão os dias de mobilização geral dos atendimentos nas 11 especialidades previstas.
De acordo com a coordenação da Caravana, dos 72,8 mil procedimentos médicos, estão previstos para essa etapa do programa 35 mil consultas e 12 mil cirurgias oftalmológicas, que é considerada pelo governo do Estado uma das principais demandas da população de Mato Grosso do Sul. O restante são consultas de diversas especialidades e cirurgias eletivas. Todos os serviços que compõem os trabalhos da Caravana da Saúde integram a rede SUS (Sistema Único de Saúde) e tem como objetivo reduzir a fila de espera de algumas especialidades em que pacientes aguardam há anos por uma consulta ou cirurgia.

Campo Grande News
Postado por: Ygor Mendes Iavdosciac

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Torre de pesquisa mais alta do mundo é inaugurada no Amazonas

Torre tem 325m e vai coletar informações sobre a atmosfera e a floresta.
Segundo ministro, custo operacional por ano chegará a R$ 2 milhões.

Do G1 AM com informações da Rede Amazônica
Torre vista do meio da floresta amazônica, em São Sebastião do Uarumã (Foto: Bruno Kelly/Reuters)Torre vista do meio da Floresta Amazônica  (Foto: Bruno Kelly/Reuters)

Após um ano em construção, a maior torre de monitoramento do mundo foi inaugurada no sábado (22), na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, no município de São Sebastião do Uatumã, a 247 quilômetros de Manaus. A obra custou cerca de 8,4 milhões de euros e foi custeada pelo Brasil e Alemanha.
A Torre ATTO (sigla em inglês para Torre Alta de Observação da Amazônia), que possui 325 metros -  equivalente a um prédio de 80 andares - vai coletar dados sobre as manifestações atmosféricas para estudos referentes à interação entre a vegetação e atmosfera. Apesar de dar início à coleta de dados, a previsão é que somente em 2017 esteja totalmente equipada.
O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, participou da cerimônia de inauguração e declarou à Rede Amazônica que a torre é uma “grande conquista para a área de ciência”.
“Os dados serão coletados com zero de interferência humana. Os pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e do Instituto Max Planck terão material novo para interpretar sobre como interagem o clima e a floresta e vão poder compartilhar essas informações com profissionais de outros países”, destacou.
Segundo o ministro, a torre estará completamente equipada em 2017, mas já dispõe dos recursos para se tornar operante. Por ano, o custo operacional chegará a R$ 2 milhões.“Ela já começa a funcionar e a coletar dados e vamos assegurar que tenha os recursos necessários até 2017. O investimento maior já foi feito. O custo por ano é um número ao alcance dos orçamentos do Brasil e da Alemanha”, informou.   
A obra custou cerca de 8,4 milhões de euros. O projeto foi financiado pelo Ministério Federal de Educação e Pesquisa (BMBF) da Alemanha, pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) do Brasil e pelo Governo do Amazonas.
Ministro Aldo Rebelo participou da inaguração a torre (Foto: Sérgio Rodrigues/G1-AM)Ministro Aldo Rebelo participou da inauguração da torre (Foto: Ascom MCTI)
 
veja também

domingo, 23 de agosto de 2015

Empresário morre em acidente com 3 veículos na BR-262 em MS, diz PRF

Vítima ficou presa às ferragens e corpo foi tirado pelos bombeiros.
Veículos colidiram na BR-262, próximo à Ribas do Rio Pardo.

Do G1 MS
Corpo ficou preso às ferragens e foi retirado pelos bombeiros.  (Foto: Arquivo Pessoal ) 
Corpo ficou preso às ferragens e foi retirado pelos bombeiros. (Foto: Arquivo Pessoal)

Um empresário morreu na manhã deste domingo (23) após colidir o carro que conduzia com outros dois veículos na BR-262, região de Ribas do Rio Pardo, a 84 quilômetros de Campo Grande. A Polícia Militar (PM) informou ao G1 que o carro da vítima bateu em uma caminhão e depois foi atingido por um carro de passeio que seguia atrás. A caminhão saiu fora da pista e tombou.
O empresário morreu no local do acidente. O condutor do outro carro de passeio e o motorista do caminhão tiveram ferimentos. O acidente aconteceu pouco antes das 9h (de MS), próximo ao quilômetro 232.
Segundo a Polícia Miliar (PM), o empresário ficou preso às ferragens e o corpo precisou ser removido pelos bombeiros. Os dois carros e a caminhão seguiam em sentido contrário quando colidiram. Os três veículos saíram da pista.
A pista precisou ser totalmente interditada, mas já foi liberada parcialmente, segundo a PM. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local e a perícia ainda está se deslocando para o trecho.
Caminhão tombou fora da pista após o acidente.  (Foto: Arquivo Pessoal)Caminhão carregado tombou fora da pista após o acidente. (Foto: Arquivo Pessoal)
 
 
veja também

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Nossa Senhora da Conceição é a padroeira de Ribas do Rio Pardo

Saiba quais são os padroeiros dos demais Municípios de Mato Grosso do Sul


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Relação dos padroeiros do estado1 e dos municípios2 de Mato Grosso do Sul.
Local Padroeiro
Água Clara Sagrado Coração de Jesus
Alcinópolis Nossa Senhora Aparecida
Amambai Nossa Senhora Auxiliadora
Anastácio Nossa Senhora de Lourdes
Anaurilândia São João Batista
Angélica São Pedro Apóstolo
Antônio João Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Aparecida do Taboado Santo Antônio
Aquidauana Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Aral Moreira Nossa Senhora Aparecida
Bandeirantes Nossa Senhora Aparecida
Bataguassu São João Batista
Batayporã Santo Antônio
Bela Vista Santo Afonso
Bodoquena Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Bonito São Pedro
Brasilândia Bom Pastor
Caarapó Bom Jesus
Camapuã São João Batista
Campo Grande Santo Antônio de Pádua
Caracol Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Cassilândia São José
Chapadão do Sul São Pedro Apóstolo
Corguinho São Judas Tadeu
Coronel Sapucaia Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Corumbá Nossa Senhora da Candelária
Costa Rica Santo Antônio
Coxim São José
Deodápolis Nossa Senhora Aparecida
Dois Irmãos do Buriti Nossa Senhora do Rosário
Douradina Nossa Senhora Aparecida
Dourados Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Eldorado Nossa Senhora Aparecida
Fátima do Sul Nossa Senhora de Fátima
Figueirão Nossa Senhora da Abadia
Glória de Dourados Nossa Senhora da Glória
Guia Lopes da Laguna Nossa Senhora da Guia
Iguatemi Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Inocência Bom Jesus da Lapa
Itaporã São José
Itaquiraí Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Ivinhema São Paulo Apóstolo
Japorã Nossa Senhora Aparecida
Jaraguari Santa Rita de Cássia
Jardim Santo Antônio
Jateí São Pedro
Juti Santa Luzia
Ladário Nossa Senhora dos Remédios
Laguna Carapã Cristo rei
Maracaju Nossa Senhora Aparecida
Mato Grosso do Sul Nossa Senhora da Abadia (todo o território estadual)
Miranda Nossa Senhora do Carmo
Mundo Novo Nossa Senhora das Graças
Naviraí Nossa Senhora de Fátima
Nioaque Santa Rita de Cássia
Nova Alvorada do Sul São Cristóvão
Nova Andradina Imaculado Coração de Maria
Novo Horizonte do Sul Nossa Senhora Aparecida
Paraíso das Águas
Paranaíba Santa Ana
Paranhos São João Batista
Pedro Gomes São Sebastião
Ponta Porã São José
Porto Murtinho Sagrado Coração de Jesus
Ribas do Rio Pardo Nossa Senhora da Conceição
Rio Brilhante Divino Espírito Santo
Rio Negro Nossa Senhora de Fátima
Rio Verde de Mato Grosso Nossa Senhora Auxiliadora
Rochedo São Sebastião
Santa Rita do Pardo Santa Rita de Cássia
São Gabriel do Oeste São Gabriel Arcanjo
Selvíria São João
Sete Quedas Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Sidrolândia Nossa Senhora da Abadia
Sonora Nossa Senhora Aparecida
Tacuru São Sebastião
Taquarussu Nossa Senhora Aparecida
Terenos Santo Antônio de Pádua
Três Lagoas Santo Antônio de Pádua
Vicentina Santa Terezinha